Como usar redes sociais para vender online

redes sociais para vender online

As redes sociais são uma forma poderosa de tornar sua marca e sua empresa conhecidas por um público potencialmente grande.

E a sua Marca Pessoal, não pode ficar de fora! Não é mesmo?

Mas como toda atividade de marketing, a realizada nas redes sociais, também precisa de organização e planejamento. Por isso, ao decidir abrir canais sociais, é preciso traçar estratégias e objetivos claros a serem alcançados.

Confira no post de hoje, como efetivamente usar as redes sociais para vender online e obter sucesso. Vamos lá?

Como usar redes sociais para vender online

Para ter sucesso com vendas online, é necessário identificar o canal certo para atingir os objetivos de negócios definidos.

Na verdade, cada um deles possui características estruturais e funcionais diferentes. Portanto, antes de começar a vender, você precisa se fazer algumas perguntas:

  • qual é o público-alvo (para quem vender);
  • quais produtos colocar no mercado social (o que vender);
  • qual plataforma social usar (como vender).

Além disso, qual é a imagem que você deseja criar para o seu público?

A partir deste questionamento, o próximo passo é criar uma estratégia para gerar a percepção da imagem ideal que você deseja que o seu público tenha sobre você.

Afinal, sua Marca é você!

É muito difícil atingir um objetivo sem planejamento. Logo, é fundamental aprender como produzir conteúdo para redes sociais para promover sua Marca Pessoal, e dominar os principais recursos de comércio eletrônico oferecidos pelas Redes Sociais mais populares.

Vender online no Facebook

O Facebook continua a ser a rede social mais influente e uma das ferramentas de comunicação digital mais utilizadas pelos usuários.

As ferramentas que o Facebook oferece para vendas online são essencialmente duas:

  1. Vendas e publicidade de mercado
  2. Lojas do Facebook

O Marketplace pode ser utilizado tanto por particulares, como local virtual de venda de produtos, como por empresas.

No entanto, os anúncios postados no Marketplace devem obedecer aos regulamentos de vendas do Facebook e aos padrões da comunidade.

Já a loja no Facebook facilita e apoia empresas e freelancers na criação de uma loja online no Facebook, oferecendo uma vitrine virtual. A empresa pode exibir os produtos no Facebook e fazer o pagamento em um site de e-commerce externo.

Em geral, para abrir uma Loja do Facebook, você precisa ter uma conta de Business Manager, gerenciar o catálogo de produtos e a página do Facebook usando a mesma conta de Business Manager. Com a criação de coleções é possível definir uma espécie de catálogo temático de produtos.

Após inserir os dados da empresa, devem ser configurados os métodos de pagamento e envio, condições de devolução e preço. Também é possível customizar a loja inserindo seu próprio estilo e layout.

Vender Online no Instagram

Com uma conta Instagram Business é possível marcar produtos em imagens e vídeos (até 5 produtos), inserir as características e o preço.

Sabia que quando você cadastra ou transforma o seu perfil para conta comercial, o Instagram disponibiliza uma série de dados importantes que podem ser usados a favor da sua Marca Pessoal?

Além disso, a vitrine social oferecida pelo Instagram é envolvente: você pode compartilhar produtos em destaque ou usar #hashtags para explorá-los na função “pesquisar” do aplicativo.

Os produtos das páginas da empresa, se à venda no Instagram, são marcados com o símbolo da sacola de compras que aparece no canto inferior esquerdo de cada postagem.

Ao tocar em uma etiqueta ou adesivo, o usuário é direcionado para uma página onde estão visíveis a foto do produto, sua ficha técnica, o preço e o link para finalizar a compra.

Também é possível vincular a página comercial do Facebook à conta comercial do Instagram, para facilitar o gerenciamento.

Vender online no Pinterest

O Pinterest, ao contrário de outras redes sociais, não é muito focado na criação de comunidades em torno de uma marca. O Pinterest oferece uma plataforma de compartilhamento de conteúdo, prospecção de ideias, produtos, imagens, tornando-se um espaço natural de pesquisa e inspiração em termos de compras.

Assim como o Instagram Shopping, o Pinterest oferece qualquer conta para marcar produtos nas postagens, que são chamados de “pins” nesta plataforma.

Os usuários podem visualizar, graças às tags, os produtos à venda. Como atualmente acontece no Instagram e no Facebook, a compra ocorre necessariamente no site de e-commerce externo vinculado pelo gerente de canal do Pinterest.

Para ser notado entre os diferentes pins é importante contar o próprio produto com grande detalhe e cuidado, através da descrição e, claro, focar na qualidade das imagens publicadas no pin.

Na criação de um bom pin de produto é importante adicionar o preço, o link para a ficha do produto, a descrição e – se necessário – a geolocalização do produto.

Para otimizar a gestão da conta do Pinterest, é aconselhável criar uma conta empresarial e acompanhar a seção de Analytics, para ver o índice de aprovação dos utilizadores e observar as métricas dos vários pins.

Vender no WhatsApp Business

O WhatsApp é usado diariamente por cerca de 1,3 bilhão de pessoas em todo o mundo. Sendo o serviço de Whatsapp Business ativo desde 2018 (utilizado apenas para atividades comerciais).

Conforme previsto, a conta Business oferece mais opções, que o Whatsapp Messenger: você pode escrever mensagens predefinidas, criar rótulos para categorizar conversas e monitorar estatísticas.

A principal vantagem da sua utilização é poder gerir encomendas que podem ser recebidas via WhatsApp de utilizadores com maior organização, e estabelecer relações diretas mesmo com clientes menos tecnológicos e que não estejam presentes nas redes sociais.

Também existe a possibilidade de visualizar o catálogo de produtos (ou serviços) e gerenciar pedidos e clientes de uma forma mais organizada diretamente via chat, em comparação com a conta WhatsApp padrão mais básica.

Considerações finais

Como mentora de Marca Pessoal no digital, é necessário deixar claro que sem consistência, estudo, foco direcionado e aplicação prática, dificilmente é possível alcançar algum resultado, seja nos negócios ou na vida pessoal.

Portanto, estude muito sobre a sua área de atuação, sobre os canais de divulgação, entenda e acredite no potencial do seu negócio antes de querer que outra pessoa o faça.

Me siga no Instagram, lá compartilho diariamente conteúdo sobre engajamento e conexão para você construir a jornada profissional que desejar!

Sou sua mentora de Marca Pessoal no digital,

Com amor,

Jac Lopes

Posts relacionados