5 etapas para desenvolver um plano de marketing digital perfeito

plano de marketing digital

Qualquer que seja a dimensão da empresa, o tipo de negócio ou a oferta de produtos e serviços, um plano de Marketing Digital personalizado ajuda a aumentar a atividade empresarial e a obter benefícios.

Inclusive, todo um plano deve estar alinhado com a sua área de negócio para promover a sua Marca Pessoal.

Com este post queremos, portanto, dar-lhe orientações para desenvolver uma estratégia correta de Marketing Digital, através de todas as etapas fundamentais, para proporcionar resultados tangíveis e positivos para o seu empreendimento. Confira.

Como desenvolver um plano de marketing digital?

Se o mundo digital muda rapidamente, as empresas também devem ser capazes de acompanhar as tendências e novidades.

Uma prerrogativa para o desenvolvimento de uma estratégia de Marketing Digital é uma abordagem ágil e inovadora, capaz de se adaptar às mudanças e tendências do mercado.

Além disso, um plano Digital deve ser concebido e desenhado como uma estratégia em si, com seus objetivos e KPIs bem definidos.

É verdade que o Marketing Digital tem alavancas, ferramentas e dinâmicas próprias, mas para ser funcional é necessário que se unam com o plano estratégico: a abordagem do negócio estará, portanto, integrada, utilizando todas as ferramentas mais adequadas para a concretização dos objetivos da sua marca.

Vamos ver quais etapas devem ser executadas para definir melhor uma estratégia de Marketing Digital.

1.      Plano de marketing digital

Tal como acontece com os canais mais tradicionais, a concorrência em Marketing Digital também é bastante elevada.

Logo, para definir uma estratégia mais otimizada para a empresa, é necessário partir da análise do mercado de referência, com base no qual o segmento de mercado em que se pretende posicionar, o target de referência e a sua proposta de valor relativa a realidade online.

Especificamente, nesta fase, uma vez realizada a análise do mercado de referência, devem ser definidas as personas, a jornada ideal dos clientes planejada e os concorrentes identificados.

2.      Alcançar

Definidos os objetivos, mercado-alvo e mercado de referência, passamos a identificar os canais de comunicação mais adequados para atingir o público-alvo.  E que se usados de maneira correta, pode se tornar as principais fonte de renda de qualquer Marca empreendedora.

Porém, nem todos os canais são eficazes para todas as situações e realidades de negócios; usar qualquer canal online e offline não é a estratégia que fará os negócios girarem.

É necessário realizar uma comunicação direcionada sobre os canais que os clientes estão habituados a utilizar. Desta forma, contribui para o aumento da Consciência da Marca e geração de tráfego de qualidade para os canais institucionais corporativos.

Para cada canal identificado deve ser realizada uma comunicação específica. Alcançar os usuários pelos meios mais adequados é essencial, mas a mensagem correta também deve ser comunicada, só assim é possível estimular o interesse do público e levá-lo à ação.

3.      Agir

O desafio não se limita apenas a conquistar novos clientes, mas a envolvê-los e mantê-los ao longo do tempo.

Depois que um usuário acessa o site da empresa ou os perfis de mídia social, é crucial encontrar maneiras de entretê-lo: com uma atividade específica de marketing de conteúdo, com informações atualizadas e claras, com um plano de marketing nas redes sociais relevante, etc.

Certifique-se de que o cliente seja incentivado a continuar na jornada do cliente e que a experiência que eles têm com a marca valha o tempo gasto.

4.      Converter

Cada empresa diferente pode considerar uma ação diferente como uma conversão, ou mesmo dentro da mesma empresa uma conversão pode variar com base em projetos diferentes.

O objetivo, nesta fase, é colocar o lead em ação: compra na loja de comércio eletrônico, solicitação de informações, agendamento de serviço ou compra no ponto de venda físico, e assim por diante.

5.     Se empenhar

Na definição de uma estratégia de Marketing Digital, a última etapa a ser enfrentada é a fase de engajamento.

A última fase, não por ser a final de um ciclo, mas porque consiste em todas aquelas atividades que devem ser desenvolvidas, uma vez que o cliente é adquirido, e visam alimentar a relação entre empresa e cliente ao longo do tempo e aumentar o grau de lealdade deste cliente.

Uma empresa que quer ser proativa com o cliente, interessada em cuidar do relacionamento e atender às suas necessidades, deve ser capaz de garantir presença e atendimento a qualquer momento.

São muitos os canais a serem ativados para o Atendimento ao Cliente. Este pode ser acompanhado por atividades de satisfação, ou seja, envolvendo os clientes com questionários e pesquisas para detectar seu contentamento com os serviços e produtos, convidando-os a deixar uma avaliação, feedback e, em seguida, expressar suas opiniões.

Considerações finais

Cada uma das fases que compõem um plano de Marketing Digital é essencial para o sucesso de um projeto. Assim, é possível desenvolver um plano que saiba satisfazer o público com base nas suas reais necessidades e que lhes dê valor imediato, e ao mesmo tempo saiba lançar as bases para criar uma relação ao longo do tempo.

Seja você empresária ou profissional independente, chegou a hora de dar mais este passo para promover sua marca pessoal, desenvolvendo um plano de marketing digital perfeito.

Mostre a sua marca para o mundo!

Me siga no Instagram, lá compartilho diariamente conteúdo sobre engajamento e conexão para você construir a jornada profissional que desejar!

Sou sua mentora de Marca Pessoal no digital,

Com amor,

Jac Lopes

Posts relacionados